Etanol

A Odebrecht Agroindustrial tem capacidade de produzir 3,7 mil m³ de Etanol em suas nove Unidades agroindustriais

A Odebrecht Agroindustrial fornece ao mercado interno e externo dois tipos de etanol combustível: o etanol anidro e hidratado.

A produção de etanol na Odebrecht Agroindustrial é capaz de movimentar 60 milhões de carros compactos. Com uma vantagem que, estes automóveis, deixariam de emitir 6 bilhões de toneladas de gás carbônico. Ou seja, capaz de neutralizar a emissão de CO2 do país inteiro por um dia. 

Confira abaixo: 

Etanol anidro carburante

O produto é misturado à gasolina de forma a melhorar sua octanagem. A mistura é feita em proporção distinta em função da legislação de cada país sendo que no Brasil pode variar de 20 a 27%.

Etanol hidratado

Utilizado para fins industriais, o etanol também é matéria-prima para indústrias químicas e petroquímicas, para produção de PE verde, ETBE, solventes, produtos de limpeza e aminas, fármacos, cosméticos, entre outros.

Etanol hidratado carburante

O produto é utilizado no abastecimento de carros movidos a etanol ou carros flex no mercado doméstico brasileiro.

Caracteristicas

Anidro

Hidratado

Aspecto

1

1

Cor

2

2

Acidez total ( como ácido acético ) máx - mg/l

30

30

Condutividade elétrica a 20ºC - Km/m3

50

500

Massa específica a 20ºC - Km/m3

791,5 máx

807,6 a 811,0 (4)

Teor alcoólico - ºINPM

99,3 Mín.

92,6 a 93,8 (4)

Potencial hidrogeniôco (pH)

-

6,0 a 8,0

Resíduo por evaporação, máx. - mg/100ml

-

5

Teor de hidrocarbonetos, máx. %vol

3

3

Íon Cloreto, máx. mg/kg

-

1

Teor de etanol, min - % vol

99,3

92,6

Íon de Sulfato, máx. - ms/kg

-

4

Ferro, máx. - mg/kg

-

5

Sódio, máx. - mg/kg

-

2

Cobre, máx. - mg/kg

0,07

-

1- limpido e isento de impurezas; 2 - Incolor
Fonte: ANP Portaria nº2 de 16 de janeiro de 2002 da Agência Nacional do Petróleo ( ANP )