Odebrecht Agroindustrial qualifica professores de Mirante do Paranapanema

19/11/2013

Ao todo, 80 docentes do ensino médio de escolas públicas e estaduais do município se formam no curso de pós-graduação em Psicopedagogia Institucional. Ação é fruto do programa Energia Social, que estimula o desenvolvimento das comunidades.

A Odebrecht Agroindustrial, empresa que atua na produção e comercialização de etanol, energia elétrica e açúcar e responsável pela Unidade Conquista do Pontal, instalada no município de Mirante do Paranapanema, celebra a formatura de 80 professores que concluíram o curso de pós-graduação em Psicopedagogia Institucional. O curso foi criado a partir do programa Energia Social para Sustentabilidade Local, que fomenta projetos de desenvolvimento da região, e foi realizado em parceria com o governo local e a Universidade Cidade São Paulo (UNICID).

Voltado para professores do ensino médio de escolas públicas e estaduais de Mirante do Paranapanema, o curso, com duração de 18 meses, teve como objetivo especializar os docentes para lidar e contribuir com o desenvolvimento de crianças com déficit de atenção e com dificuldades de aprendizagem.

A cerimônia de formatura foi realizada, ontem (18), no Clube Kaikan, e contou com a presença dos formandos e seus familiares, lideranças da Odebrecht Agroindustrial, responsáveis pedagógicos e parceiros do Programa, além do prefeito Carlos Alberto Vieira e autoridades locais.

“Entendemos que investir em projetos de qualificação profissional, principalmente com foco na educação, como os do programa Energia Social, contribui com o desenvolvimento socioeconômico da região, uma vez que a comunidade próxima às nossas operações passa a ter ferramentas para crescer pessoalmente e profissionalmente”, destaca Carla Pires, responsável por Sustentabilidade.

O Energia Social para Sustentabilidade Local reúne ações e investimentos realizados junto às comunidades e governo local, visando o desenvolvimento sustentável e bem estar nas regiões de atuação da Odebrecht Agroindustrial. Ao todo, desde 2010, foram realizados 45 projetos nas nove cidades, sendo 28 concluídos e 17 em execução, somando investimento de R$ 12 milhões. O programa tem como prioridade as áreas de educação, cultura, atividades produtivas, saúde, segurança e preservação ambiental e já beneficiou, diretamente, mais de 50 mil pessoas.

No Pontal do Paranapanema, o programa Energia Social está desenvolvendo outros projetos como: Ponto de Cultura da Sustentabilidade, Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos Urbanos e Educação Artística.