Odebrecht Agroindustrial obtém sua quarta certificação Bonsucro

24/01/2014

A Odebrecht Agroindustrial, empresa que atua na produção e comercialização de etanol, açúcar e energia elétrica a partir da biomassa da cana, obteve mais uma certificação internacional Bonsucro, dessa vez para a Unidade Agroindustrial Morro Vermelho, localizada no município de Mineiros, em Goiás. A certificação que atesta práticas sustentáveis permite a exportação de derivados da cana-de-açúcar para países da União Europeia e Ásia. O volume de cana certificado nesta Unidade é de mais de 765 mil toneladas, equivalentes a 82 mil litros de etanol.

Esta é a quarta Unidade da empresa a receber a certificação, juntamente com as Unidades Rio Claro, em Caçu, Goiás e outras duas Unidades em São Paulo, Conquista do Pontal e Alcídia. Juntas, as quatro Unidades totalizam um volume de 3,85 milhões de toneladas de cana certificadas. A certificação exige, ao mesmo tempo, o cumprimento das leis, o respeito aos direitos humanos e trabalhistas, a garantia da sustentabilidade na produção, a preservação da biodiversidade e dos serviços do ecossistema, além de produtividade e melhoramento contínuo dos processos produtivos.

Para Celso Ferreira, vice-presidente de Operações e Engenharia da Odebrecht Agroindustrial, a certificação das Unidades é um reconhecimento para a empresa que tem a sustentabilidade como um dos seus principais pilares de atuação. “A certificação Bonsucro vem confirmar nosso compromisso com a produção sustentável e com as melhores práticas agroindustriais que temos desde nossa fundação em 2007. Nossos Integrantes são os principais responsáveis em garantir, todos os dias, que nossos processos agrícolas e industriais são eficientes e sustentáveis”.

Além disso, a Odebrecht Agroindustrial busca outras certificações para mercados internacionais. Todas as Unidades da empresa já concluíram a certificação RFS2 (Renewable Fuel Standard), registro do governo americano emitido pela Environmental Protection Agency (EPA) que atesta as práticas sustentáveis da empresa com base em padrões estabelecidos mundialmente e autoriza a comercialização do etanol de todas as Unidades da empresa para os Estados Unidos.