Energia Social promove o Projeto Vida Saudável

30/08/2013

Projeto Vida Saudável  oferece aos profissionais da Educação, Saúde e Assistência Social, de Caçu e de Cachoeira Alta, formação para o desenvolvimento de ações preventivas.

Profissionais das áreas de Educação, Saúde e Assistência Social precisam estar preparados para tratar sistematicamente e de forma educativa, com jovens e famílias em situação de risco social, questões como uso abusivo de drogas, exploração sexual, violência doméstica, doenças sexualmente transmissíveis, entre outras vulnerabilidades. Para atender às demandas de Caçu e Cachoeira Alta, Integrantes do Programa Energia Social idealizaram o projeto Vida Saudável, uma ação em conjunto com Instituto Aliança, as Prefeituras locais e instituições da sociedade civil como igrejas e a APAE.

O projeto consiste na formação de 26 profissionais dos dois municípios com ênfase especial dada às questões que atingem os jovens, seus familiares e comunidade em geral. Com uma carga horária de 68 horas, os profissionais vivenciaram uma metodologia para motivar os adolescentes em relação a valores, atitudes e comportamentos de auto-cuidado e cuidado com o outro, em relação à saúde em geral e, de modo especial, em relação a ações preventivas quanto uso abusivo de drogas e à saúde sexual e reprodutiva.  O projeto visa produzir mudanças por meio de uma ação continuada e integrada entre as instituições participantes, fortalecendo a Rede de Proteção e Promoção dos Direitos das Crianças e Adolescentes de Cachoeira Alta e de Caçu. 

“ O aprendizado e o desenvolvimento de hábitos de vida saudáveis e o exercício da cidadania devem fazer parte da educação integral de crianças e adolescentes, com a participação das famílias, de modo a prevenir  vulnerabilidades como  o uso abusivo de drogas,  a exploração sexual, a gravidez não planejada  e as diversas formas de  violência ”, destaca Marcia Campos, coordenadora do Instituto Aliança.
O projeto foi iniciado em maio deste ano e está dividido em quatro módulos. Nos dias 12 e 13 de agosto, foi realizado um evento público nos municípios de Caçu e Cachoeira Alta, respectivamente, para entrega de um Acervo Técnico para cada instituição participante composto por vídeos, livros, álbuns seriados, posters, folhetos e outros materiais educativos sobre os temas abordados pelo projeto. Este Acervo irá facilitar o trabalho dos profissionais formados.

Para ocasião em Caçu, estiveram presentes o prefeito Gilmar Guimarães, a primeira-dama Roseli Souza e representantes das instituições participantes do projeto. Em Cachoeira Alta, compareceram o Prefeito, Kelson Souza, Ivone Silva, Secretária de Educação, Secretário de Planejamento e 25  representantes das  instituições.

A próxima etapa  consiste no acompanhamento dos profissionais formados durante a realização de oficinas e outras ações educativas junto aos jovens, famílias e comunidade em geral, utilizando a metodologia aprendida e os materiais do  Acervo.  No médio prazo é esperado que essas ações se incorporem de forma sistemática ao Plano de Ação de cada instituição, fortalecendo a prevenção e evitando a ampliação das vulnerabilidades.