Acreditar na Diversidade chega a Costa Rica

30/08/2017

A Odebrecht Agroindustrial deu início hoje (30/08), em Costa Rica (MS), à segunda turma do projeto Acreditar na Diversidade.

Desenvolvido pelo Energia Social e executado pelo Senai de Itu (SP), o curso é destinado a 32 moradores do município e tem como principal objetivo qualificar Pessoas com Deficiência (PCDs) para inseri-los no mercado de trabalho.

“Com o Acreditar na Diversidade, queremos proporcionar mais acesso a conhecimento, contribuindo para a autonomia e, principalmente, a autoconfiança dos participantes”, relata Chafick Luedy, Líder de Pessoas e Administração do Polo Taquari, que contempla as Unidades Costa Rica e Alto Taquari.

A aluna Silvia Helena Coelho está motivada para o início das aulas. “Eu sempre acreditei que a Odebrecht Agroindustrial traria benefícios para nossa cidade e, hoje, estou muito feliz em poder participar desse programa, que irá qualificar as pessoas com deficiência para o mercado de trabalho. Tenho certeza que muitos que estão aqui hoje terão uma nova oportunidade”, diz.

Com duração de três meses, o curso terá a grade curricular voltada à área administrativa. “Queremos chamar a atenção para este assunto e mostrar que todos merecem ter oportunidades, não apenas na Odebrecht Agroindustrial, mas em todas as empresas da região”, completa Luedy.

A primeira turma do Acreditar na Diversidade se formou em novembro do ano passado, em Teodoro Sampaio (SP), onde a empresa tem o Polo São Paulo. O trabalho foi reconhecido no prêmio “Boas Práticas para Trabalhadores com Deficiência”, que reconhece internacionalmente as iniciativas bem sucedidas de empresas em prol da inclusão. A cerimônia de premiação foi realizada em 2 de dezembro, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

A Odebrecht Agroindustrial trabalha o tema inclusão com diversos stakeholders locais para atuar de forma integrada. A formação e qualificação de PCDs nos municípios do entorno de suas operações é uma das frentes de atuação da empresa.